Search
quarta , 20 de setembro de 2017
  • :
  • :
   
  Apoio

Justiça indiana deve decidir se guru milionário está vivo ou morto

Parece absurdo demais para ser verdade, porém isso realmente está acontecendo. Depois de vários desentendimentos entre os seguidores e os familiares de um líder espiritual, chamado Shri Ashutosh Maharaj, a Justiça da Índia foi acionada para que decidir se o homem está vivo ou morto (!). Os devotos de Shri Maharaj acreditam que ele está passando por um estado profundo de meditação e não está se comunicando com ninguém, contudo os familiares dizem que ele está mesmo é morto desde janeiro.

De acordo com o jornal britânico “The Telegraph”, os seguidores resolveram congelar o corpo de seu mestre na cidade de Punjab até que ele desperte do Samadhi, caracterizado por ser um alto nível de meditação. Os religiosos negaram o corpo de Shri Maharaj para a cerimônia de cremação, mesmo depois de ele ter sido declarado morto por médicos que avaliaram o guru.

O fundador da ordem religiosa Divya Jyoti Jagrati Sansthan supostamente sofreu uma parada cardíaca em janeiro, porém os discípulos negam tal informação. No site oficial da religião, foi publicado que Maharaj “está em profunda meditação desde 29 de janeiro de 2014”. Apesar de a polícia também ter declarado que o homem está morto, o governo da cidade de Punjab não aceitou o argumento e decidiu que a questão é um assunto espiritual.

Reprodução/Google

Reprodução/Google

Depois disso, a mulher e o filho de Maharaj pediram auxílio da Justiça da Índia para investigar o real estado do corpo. O filho do líder, Dilipp Jah, declarou que existem outros motivos para os seguidores de seu pai falarem que ele está vivo ao invés de morto. De acordo com ele, os discípulos mantêm o corpo de Maharaj para poder administrar as suas finanças; bens imobiliários que chegam aos R$ 370 milhões. Aparentemente, parece que decidir se o guru está vivo ou morto pode definir quem controlará os milhões que ele tem…

Fonte: Mega Curioso




Comentários