Search
quarta , 20 de setembro de 2017
  • :
  • :
   
  Apoio

Massa bate forte no fim, e Ricciardo derruba “Império de Prata” no Canadá

O que parecia impossível aconteceu. O “Império de Prata” construído pela Mercedes em 2014, finalmente, foi desbancado. Os problemas que tiraram Lewis Hamilton da prova e provocaram a queda de rendimento de Nico Rosberg durante várias voltas incendiaram a o GP do Canadá, válido pela sétima etapa da temporada, e deixaram a briga pelo pódio e pela vitória totalmente aberta no Circuito Gilles Villeneuve, em Montreal. Em voltas finais eletrizantes, Rosberg segurava um pelotão composto por Sergio Pérez (Force India), Daniel Ricciardo (RBR), Sebastian Vettel (RBR)  e Felipe Massa (Williams). E foi o australiano da RBR, grande revelação da temporada, o responsável pela façanha de desbancar as “Flechas de Prata” ao se livrar de Pérez, ultrapassar Rosberg e conquistar o inesperado triunfo. Na última volta, o brasileiro – que ainda sonhava com um lugar no pódio – tentou dar o bote em cima do mexicano da Force India, mas os dois acabaram se chocando e acertando com força as proteções de pneus. Apesar do impacto, ambos os pilotos estão bem. Massa, inclusive, publicou uma foto do centro médico onde passou por exames dizendo que estava “tudo bem”. A direção de prova considerou o mexicano culpado pelo incidente e puniu o piloto da Force India com a perda de cinco posições no grid da próxima etapa, dia 22 de junho, na Áustria. Vettel, que por muito pouco não foi abalroado na batida, conseguiu assegurar a terceira colocação. Clique aqui e assista aos melhores momentos da corrida.

Reprodução/G1

Reprodução/G1

Na cerimônia do pódio, o indefectível sorriso de Ricciardo mal cabia em sua boca. Nada mais justo, afinal a merecida vitória vem coroar o impressionante início de temporada do jovem talento, que tem ofuscado o tetracampeão Vettel na RBR. Com o triunfo, o australiano chega aos 79 pontos, passa Fernando Alonso (Ferrari) e assume a terceira posição no campeonato. Rosberg chegou aos 140 pontos e segue líder. Com o abandono de Hamilton, o alemão abriu 22 pontos para cima do britânico. Com a batida, Massa ficou estacionado na 11ª posição, 18 pontos. A Fórmula 1 volta daqui a duas semanas com o retorno do GP da Áustria, dia 22 de junho.

 

Fonte: G1




Comentários