Search
quarta , 20 de setembro de 2017
  • :
  • :
   
  Apoio

Mulheres acusadas de bruxaria assassinadas na Tanzânia

Duas mulheres tanzanianas foram assassinadas com golpes de machado por homens que acusavam as vítimas de atos de bruxaria que provocaram impotência sexual, informou a polícia nesta sexta-feira (17).

Uma mulher de quase 80 anos e sua filha de 45 foram assassinadas no vilarejo de Ihugi, na província de Shinyanga, norte da Tanzânia, na terça-feira.

Três homens degolaram as vítimas e cortaram os corpos em pedaços, segundo o chefe de polícia local, Justus Kamugisha. Um vizinho é suspeito do ataque por acreditar que as duas mulheres haviam provocado sua impotência sexual.

Um homem de 40 anos, que acusou as duas mulheres de envenenar sua mãe no ano passado, foi detido.

Na semana passada, sete pessoas foram queimadas em seus barracos na região oeste do país, também acusadas por vizinhos de bruxaria.

Em muitas regiões da Tanzânia persistem as crenças em bruxas e magia negra.

O Centro Jurídico e de Direitos Humanos, um grupo local, informou que quase 500 pessoas acusadas de bruxaria são linchadas a cada ano.

 

Fonte: G1




Comentários