Search
quarta , 20 de setembro de 2017
  • :
  • :
   
  Apoio

Os 5 erros terríveis de quem presta concurso

image

Ilustração

De uma hora para outra você escolheu fazer concurso público, seja porque alguém te aconselhou, seja porque você quer estabilidade ou porque quer simplesmente trabalhar no serviço público.

Aí você começa a pesquisar, olhar os jornais e a internet e começa a fazer suas inscrições. Legal! Seja bem vindo ao clube, mas atente para os piores 5 erros de quem se aventura na vida de concurseiro:

#Erro01

O primeiro erro é escolher o concurso pela remuneração ou pelo volume de vagas disponíveis, e não pelo perfil do cargo oferecido. Daí vamos imaginar que você foi aprovado e já tomou posse, somente depois disso, você descobre que a nova profissão não tem nada a ver com você ou com a área que quer trabalhar.

Muitos bancários concursados para a Caixa Econômica Federal ou o Banco do Brasil, por exemplo, descobriram tarde demais que odeiam trabalhar em banco e até mesmo matemática! Por isso, ao escolher um concurso público, eleja a carreira pela afinidade, para depois não ficar desmotivado e desistir do serviço no meio do caminho.

#Erro02

O segundo erro é ignorar completamente a banca, ou seja, a empresa que organiza o concurso. Saber qual é a banca que vai organizar a prova é fundamental para conhecer o estilo das questões e até mesmo o conteúdo mais comum de cada uma delas.
Além disso, você vai ter uma noção de como será a correção, pois algumas bancas são mais tolerantes com os ‘chutes’ e outras punem o candidato por isso.

#Erro03

Outra armadilha muito comum é escolher um concurso de nível médio por ser mais ‘fácil’. Concursos de nível médio são relativamente mais fáceis que os de nível superior. Em compensação, a relação candidato/vaga é muito maior, o que faz a concorrência e a dificuldade do exame aumentar. Além disso, lembre-se que você estará ‘brigando’ com outros candidatos de nível superior por um salário bem menor do que o seu perfil.

#Erro04

Não se preocupar com os detalhes mais básicos como esquecer os documentos para ir para a prova ou não ter atenção para marcar o cartão de respostas é o quarto erro. Já vi muita gente boa, daquelas que você sabe que a aprovação é certa, perder a chance da vida por um detalhe bobo como esses. Acredite, é muito comum. Faça um checklist dias antes da prova do que você não pode esquecer, confira e reconfirma antes de sair de casa e boa sorte.

#Erro05

O quinto erro é não ter uma estratégia e planejamento de estudos. Quem presta concursos tem que estar preparado, pois as provas são difíceis e estão ali para te eliminar e não para provar o seu conhecimento. É importante ter disciplina com o seu estudo, como por exemplo, ter horários fixados somente para o seu estudo diariamente, fazer questões anteriores da sua banca, e outras maneiras de facilitar a fixação do conteúdo que será cobrado.

Aliás, uma ótima dica para quem quer ser mais estratégico e ter um bom planejamento de estudos, o defensor público Gerson Aragão está disponibilizando gratuitamente o seu livro de estratégias para concursos. Para baixar gratuitamente o livro dele clique aqui.

Fonte: http://concurseiroprofissional.jusbrasil.com.br/artigos/




Comentários